Poder das Constelações Coletivas

Em 2017 o Instituto deu início à montagem de formatos de colocações estruturais até chegarmos nos nossos modelos de “posturas e atitudes sistêmicas” para as relações interpessoais e intrapessoais.


Foi um período também que trabalhamos em conjunto com as escolas de institutos internacionais protagonizadas pelos modelos desenvolvidos pela Dra. Guni Baxa de trabalhar com os recursos internos e externos aos nossos sistemas familiares.


O caminho de estar em contato com processos coletivos fez surgir o nosso projeto – Honrando os africanos escravizados -  que foi desde o inicio protagonizado pela Glaucia Paiva. As pesquisas, busca de aprimoramento, aconselhamentos, suportes e trocas com aqueles profissionais que são as referencias para nós do Instituto foram todos conduzidos pela Glaucia que levou a um modelo de estruturas para olhar com a perspectiva sistêmica para a possibilidade de caminhar em um trajeto com mudanças nos estereótipos e narrativas que nos conduzam até um lugar com mais dignidade e potência




Todo caminho desde a África, aqueles que vieram, os que ficaram, os que escaparam e os que se sentiram abandonados,  até chegar aqui e estabelecer uma nova vida em um lugar e em condições totalmente desconhecidas são considerados nesta Constelação Coletiva. Esta ligação chega até os nossos dias, conectando tudo isto com quem somos hoje. Somos frutos também destes acontecimentos que fazem nossa cultura e forma de pensar, de sentir e de agir e claro nossa auto consideração como Nação.


Este modelo de Constelação Coletiva já foi feita desde 2019, duas vezes em São Paulo, na sede do nosso Instituto, uma vez em Salvador e mais recentemente em Florianópolis.

Já está programada uma constelação em São Carlos e em Curitiba – as datas já estão em nosso site. Toda participação é gratuita e visa que mais e mais pessoas possam tomar contato com as nossas realidades para que tenhamos chance de transformar nossas narrativas internas na busca de mais autonomia e realidade evitando repetir processos que já tenhamos vivido e que não deveríamos desconhecer.

Saiba mais no conteúdo exclusivo "Honrando os Africanos Escravizados", clique aqui e receba por WhatsApp.


  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

© 2019 por Conexão Sistêmica

contato@conexaosistemica.com.br

R. Clodomiro Amazonas, 1099 - Sala 56 - CEP: 04537-012  | SP | (11) 5055-8258 | (11) 97088-4087 (Whatsapp)